A força de Cláudia Raia

por , 13 Maio, 2019

Aos 52 anos de idade e com mais de 30 de percurso, a atriz brasileira protagoniza uma nova telenovela e prepara novos espetáculos. Recentemente, fez uma visita-relâmpago a Portugal e prometeu: no início de 2020, regressa com uma comédia musical, para digressão pelo país.

por: Xavier Pereira

CRISTINA – Veio a Portugal promover a novela Verão 90, na qual interpreta Lidiane. Quem é esta mulher?

Cláudia Raia – É uma ex-atriz de pornochanchada dos anos 70 que, no Brasil, era um género de cinema com muito sucesso. A carreira dela foi interrompida, devido à gravidez de uma menina cujo pai não existe. Ela não sabe quem ele é. A filha que nasceu é a razão da vida dela. A Lidiane abdicou de tudo pela filha porque quis, não cobra nada à filha.

C. – Mas vive amargurada?

C.R. – De todo. Não é uma frustrada, até porque foi uma grande estrela de pornochanchada. Ela também quer que a filha seja uma estrela e a filha quer ser uma estrela. Enquanto criança, faz um sucesso enorme. Tem um grupo musical infantil, do qual a minha personagem é a empresária. Tudo isto se passa no início da novela. Depois, a filha cresce e a ação é toda centrada nos anos 90. A menina cresceu e nada deu certo na vida dela. É péssima atriz. A mãe acha que ela é maravilhosa, mas, realmente, não é. E vivem numa situação difícil, sem dinheiro. A Lidiane dá aulas de jazz. É uma mulher completamente louca. É inadequada. Faz tudo erado. Mete os pés pelas mãos, mas tudo pelo amor à filha. Vai ter um romance com um rapaz muito mais jovem. Uma relação sexual absurda, porque ele é fã dela, da época em que era estrela de cinema. É uma relação muito engraçada.  É uma loucura.

C. – A novela estreou em janeiro, mas estão a gravá-la desde o ano passado. As gravações vão continuar até quando?

C.R. – Começámos a gravar em setembro de 2018. A novela estreou, no Brasil, a 29 de janeiro e temos gravações até ao último dia de junho, mas fica a emitir durante mais umas quantas semanas. [Em Portugal, estreou dia 25 de março, na TV Globo].

C. – E quais têm sido as reações?

C.R. – As pessoas amam este regresso aos anos 90. A novela tem sido o grande sucesso da TV Globo, dos últimos dois meses. As pessoas amam a Lidiane. É um personagem que está a ser um sucesso. O elenco é maravilhoso.

C. – Além de atriz da TV Globo, tem-se dedicado ao teatro, como atriz e produtora. Neste momento está a fazer algo mais, além de Verão 90?

C.R. – Neste momento, não consigo fazer muito mais do que a novela. Ainda assim, estou a trabalhar na produção de dois espetáculos. Um é um tributo ao Freddie Mercury. Quem o vai protagonizar é o meu marido, o Jarbas. Depois, estou a produzir o Dreamgirls, um musical de negros, que vai estrear este ano. O mais importante de tudo em que estou envolvida é um espetáculo musical, que encomendei a uma autora brasileira. Vai ser uma comédia brasileira, tudo cantado e dançado, para ser interpretado por mim e pelo Jarbas, precisamente para viajarmos. A minha grande dor é não conseguir trazer nada para Portugal.


Leia a entrevista completa
na revista CRISTINA já nas bancas.

  • Comentários

    Artigos relacionados