A magia de Seal

por , 22 Dezembro, 2017

Ao final de 30 anos de uma carreira ímpar, o mediático cantor britânico lança um álbum que homenageia várias daquelas que considera as melhores canções de sempre. Em Standards, canta repertório de Frank Sinatra e Nina Simone. Motivo suficiente para uma conversa com a CRISTINA.

Por: Xavier Pereira

Se só se fizer música por questões comerciais ou de fama, então, a magia passa depressa, deixa de ser verdade e de fazer sentido.

A ideia para o álbum surgiu no ano passado, por sugestão da Decca Records, uma editora discográfica especializada neste género musical. “Eles queriam muito fazer o álbum”, confidencia Seal, que se entusiasmou com o desafio e selecionou os temas que, verdadeiramente, queria cantar. Alguns dos que ajudam a contar a história da música, no geral, e, no particular, a história de Frank Sinatra, Nina Simone, Charlie Chaplin ou Cole Porter. Nomes que, desde sempre, inspiram o músico britânico.

Leia a entrevista completa na edição deste mês, nas bancas, ou na app CRISTINA M.

  • Comentários

    Artigos relacionados