Ambição no Feminino

por , 22 Novembro, 2017

Apenas 44% das mulheres diz existir igualdade de género no mundo do trabalho, segundo um relatório divulgado esta semana. Motivo suficiente para lhe darmos a conhecer quatro mulheres com profissões que ainda são associadas, apenas, ao universo masculino.

Por: Xavier Pereira

O relatório da Hays Portugal revelou que “há ainda grandes e surpreendentes diferenças no que se refere à perceção de igualdade entre géneros no local de trabalho”. Uma conclusão que ganha mais força com testemunhos como aqueles que a CRISTINA de novembro dá a conhecer.

Daniela Correia é jogadora de rugby e diz: “Nós, mulheres […] não deixamos de ser meninas, por gostarmos muito deste desporto”.

Eva Aguiar é piloto de aviação civil e diz que, a sua área, é mais uma a que “aos poucos, as mulheres vão chegando e provando que são tão válidas quanto os homens”.

Paula Abrantes trabalha como segurança num bar, num local onde a grande maioria dos colegas continuam a ser homens. Ainda assim, garante “fazemos o trabalho tão bem ou melhor que eles”.

Lilibeth Oviedo é lutadora de boxe e confessa que “cada vez há mais raparigas com interesse em experimentar” a modalidade.

 

Conheça os testemunhos, na íntegra, na CRISTINA de novembro que está nas bancas ou na app CRISTINA M.

  • Comentários

    Artigos relacionados