BAFTA AWARDS 2018: ‘Três Cartazes à Beira da Estrada’ domina em noite de negro

por , 19 Fevereiro, 2018

Em noite de prémios do cinema britânico, o filme de Martin McDonagh, ‘Três Cartazes à Beira da Estrada’ foi o grande vencedor com a conquista de 5 estatuetas.

 Por: Diogo Marques

A duas semanas de distância dos Óscares, celebrou-se ontem, dia 18, a 71ª edição dos British Academy Film Awards (BAFTA) que elegeu a longa-metragem ‘Três Cartazes à Beira da Estrada’ como Melhor Filme do Ano e Melhor Filme Britânico.

A história escrita por Martin McDonagh, sobre uma mãe em busca de justiça depois da misteriosa morte da filha, venceu ainda os prémios de Melhor Argumento Original, Melhor Atriz (Frances McDormand) e Melhor Ator Secundário (Sam Rockwell)

O filme A Forma da Água’, que apresentava o maior número de nomeações (12), valeu ao mexicano, Guillermo del Toro, o prémio de Melhor Realizador. Já o ator Gary Oldman, venceu pela sua interpretação como Winston Churchill, em ‘A Hora Mais Negra’.

Photo DANIEL LEAL-OLIVAS

‘Chama-me pelo teu nome’, do italiano Luca Guadagnino, venceu o galardão para Melhor Argumento Adaptado. Por sua vez, Daniel Kaluuya, foi distinguido através da votação do público como Intérprete Revelação, pelo papel no filme ‘Foge’.

Realizada no Royal Albert Hall, com a presença dos duques de Cambridge, esta gala de prémios conhecidos como os Óscares Britânicos não fugiu à regra e tal como tem sucedido ao longo de toda a temporada, foi marcada por uma passadeira vermelha em trajes negros. Em nome do movimento Time’s Up, centenas de atores e atrizes vestiram preto e fizeram-se acompanhar de ativistas feministas, dando assim continuidade ao protesto contra as agressões sexuais e a desigualdade salarial na indústria.

 

Confira em baixo a lista completa dos vencedores.

 

  • MELHOR FILME: Três Cartazes à Beira da Estrada’

 

  • MELHOR REALIZADOR: Guillermo del Toro, ‘A Forma da Água’

 

  • MELHOR FILME BRITÂNICO: Três Cartazes à Beira da Estrada’

 

  • MELHOR ATRIZ: Frances McDormand, ‘‘Três Cartazes à Beira da Estrada’

 

  • MELHOR ATOR: Gary Oldman, ‘A Hora Mais Negra’

 

  • MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA: Allison Janney, ‘Eu,Tonya’

 

  • MELHOR ATOR SECUNDÁRIO: Sam Rockwell, ‘Três Cartazes à Beira da Estrada’

 

  • ATOR REVELAÇÃO: Daniel Kaluuya

 

  • MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO: ‘Coco’

 

  • MELHOR AGRUMENTO ORIGINAL: Martin McDonagh, ‘Três Cartazes à Beira da Estrada’

 

  • MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO: James Ivory, ‘Chama-me pelo teu nome’

 

  • MELHOR FOTOGRAFIA: ‘Blade Runner 2049’ (Roger Deakins)

 

  • MELHOR BANDA SONORA: ‘A Forma da Água’ (Alexandre Desplat)

 

  • MELHOR GUARDA-ROUPA: ‘Linha Fantasma’ (Mark Bridges)

 

  • MELHOR DOCUMENTÁRIO: I Am Not Your Negro’

 

  • MELHOR FILME DE LÍNGUA ESTRANGEIRA: ‘A Donzela’

 

  • MELHOR MONTAGEM:Baby Driver: A Alta Velocidade’

 

  • MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO: ‘A Forma da Água’

 

  • MELHOR CARACTERIZAÇÃO: ‘A Hora Mais Negra’

 

  • MELHOR SOM:Dunkirk’

 

  • MELHOR EFEITOS VISUAIS: ‘Blade Runner 2049’

 

  • MELHOR PRIMEIRA OBRAS DE UM ARGUMENTISTA, REALIZADOR OU PRODUTOR BRITÂNICO: ‘I Am Not a Witch’

 

  • MELHOR CURTA-METRAGEM BRITÂNICA: ‘Comboy Dave’

 

  • MELHOR CURTA- METRAGEM DE ANIMAÇÃO: ‘Poles Apart’
  • Comentários

    Artigos relacionados