Bruno Cabrerizo: “Saúde e paz. Que o resto, a gente corre atrás”

por , 17 Agosto, 2018

Veio para Portugal. Entrou na dança. Cresceu enquanto ator. Acabou um casamento. Apaixonou-se. Virou capa de revista. Foi para o Brasil. Acabou com a Kelly. Voltou a Portugal. Falou de tudo. Até de Kelly.

 

Cristina Ferreira – Quais são os teus sonhos agora?

Bruno Cabrerizo – Os meus sonhos? O meu sonho mesmo é ter sempre saúde, para poder dar aos meus filhos o que já dou e muito mais. Costumo dizer: ‘Saúde e paz. Que o resto, a gente corre atrás’.

C.F. – E isso é carioca? (Risos)

B.C. – É. (Risos)

C.F. – O que é que tens de italiano, de brasileiro e de português, nesta misturada toda? O que é que sentes? Quem é o Bruno Cabrerizo?

B.C. – Uma grande mistura, sobretudo de sotaque. Porque, às vezes, eu falo português com a música italiana. Estou no Rio de Janeiro, falando com amigos meus, e uso expressões portuguesas, por exemplo, ‘Pois’. Eu uso até hoje. Ou ‘se calhar’, ‘me dá jeito’. Eu uso essas expressões e as pessoas me dizem: ‘Você está com sotaque português’. Português de Portugal. E eu digo: ‘Talvez sim’. Tenho essa mistura, um pouquinho de italiano, um pouquinho de português, e de brasileiro, claro.

C.F. – Voltar a trabalhar cá faz parte dos planos?

B.C. – Faz parte. Eu gostaria muito. Tenho esse contrato agora de exclusividade com a Globo. Eu sou muito grato à TVI, o canal que me abriu as portas e que me lançou e apostou em mim, mas, obviamente, por uma questão de contrato, não posso trabalhar para a TVI nos próximos anos. Mas vamos ver. Mais para a frente. Eu gostaria muito, mas também, se não for para a TVI, pode ser para outro canal, porque eu sou apaixonado por Portugal. Eu acho esse país um paraíso. Eu acho Lisboa um paraíso. Gostaria muito que os meus filhos morassem e crescessem aqui. Mas, por questões óbvias, eles moram com a mãe em Itália.

C.F. – E o teu coração está ocupado? Desocupado?

B.C. – Solteiríssimo.

 


Leia a entrevista completa na edição deste mês nas bancas
ou na versão digital (IOS ou ANDROID)

  • Comentários

    Artigos relacionados