Cinema: Os Filmes da Semana

por , 4 Junho, 2018

Um thriller que relata a histórica verídica do senador Ted Kennedy e o seu envolvimento num estranho acidente, um drama sobre o papel desempenhado pelas mulheres durante a Iª Guerra Mundial e “Tully”, uma ode sobre a maternidade, protagonizada por Charlize Theron. Estas são as sugestões da semana por Diogo Marques, colaborador de cinema da CRISTINA.

Por: Diogo Marques

 

“O SEGREDO DOS KENNEDY (Chappaquiddick)”

A família Kennedy sempre esteve envolta em controvérsia e segredos. Desta vez, “O Segredo dos Kennedy (Chappaquiddick)”, pretende reexaminar os sete dias mais complicados da carreira política do senador Ted Kennedy (Jason Clarke) e que provocaram a morte da jovem Mary Jo Kopechene (Kate Mara).

Tudo começa a 18 de Julho de 1969, quando os colaboradores da campanha presidencial de Bobby Kennedy se reúnem para uma festa, na ilha de Chappaquiddick. Ansioso por se destacar da sombra do legado presidencial deixado pelo seu irmão, Ted Kennedy deixa cedo a festa, dando uma boleia fatal à estratega política Mary Jo Kopechne. Apesar da pouca visibilidade da estrada, Ted prossegue por uma ponte tortuosa e o carro despista-se. Kennedy consegue escapar, mas a jovem fica presa na viatura e acaba por morrer. As autoridades são informadas apenas nove horas após o acidente. O senador defronta-se então com a integridade do seu próprio código moral e com a necessidade de proteger o legado da sua família.

“AS GUARDIÃS”

Adaptação cinematográfica do romance escrito por Ernest Pérochon em 1924, “As Guardiãs” é o retrato da vida rural de um grupo de mulheres francesas durante a 1ª Guerra Mundial.

Ano de 1915, zona rural de Limousin. Enquanto os homens foram combater a guerra, as mulheres ficam a cuidar das fazendas. Hortense (Nathalie Baye) está disposta a assumir o comando da fazenda Paridier, na ausência dos seus dois filhos, Georges e Constant, e do seu genro Clovis, que partiram para combater nas trincheiras. Apesar da ajuda e do apoio da filha Solange (Laura Smet), o aproximar da árdua época da colheita, obriga a matriarca a contratar ajuda extra. Hortense contrata então Francine (Iris Bry), uma assistente pública de vinte anos. A tranquilidade reina na fazenda Paridier até à inesperada chegada de soldados americanos.

“TULLY”

Marlo (Charlize Theron) é uma atarefada mãe de três crianças, uma delas com necessidades especiais e outra recém-nascido. Para ajudar a irmã, Craig (Mark Duplass) oferece-lhe um presente: os serviços de Tully (Mackenzie Davis), uma ama noturna para cuidar das crianças.

Hesitante de início, Marlo acaba por estabelecer uma ligação com a pensativa, surpreendente e às vezes desafiadora ama.

“Tully” representa uma o reencontro de Charlize Theron com a argumentista Diablo Cody e o realizador Jason Reitman, responsáveis por filmes como “Juno” e “Jovem Adulta”. No entanto, para esta nova colaboração, a atriz sul-africana teve de engordar 25 quilos – uma situação pela qual já tinha passado em 2003, quando teve de aumentar de peso para encarnar a personagem de “Monster”, filme com o qual ganhou o Óscar de Melhor Atriz.

 

  • Comentários

    Artigos relacionados