Cinema | Os Filmes da Semana

por , 31 Outubro, 2018

O novo documentário de Michael Moore, uma aventura da Disney com Keira Knigthley, Helen Mirren e Morgan Freeman e “Bohemian Rhapsody”, o drama biográfico sobre a banda Queen e o seu carismático líder, Freddie Mercury. São estas são as sugestões da semana de Diogo Marques, colaborador de cinema da CRISTINA.

Por: Diogo Marques

 

“FAHRENHEIT 11/9”

Escrito e realizado por Michael Moore, cineasta conhecido pela sua posição crítica em relação à sociedade e políticas norte-americanas, este documentário explora as eleições presidenciais de 2016, que levaram o multimilionário Donald Trump ao comando da Casa Branca.

Uma visão satírica e provocadora sobre os Estados Unidos da América, que convida a refletir sobre duas questões: Como foi possível Trump chegar à presidência? E como impedir a continuidade da sua administração?              

 

“O QUEBRA-NOZES E OS QUATRO REINOS”

Clara (Mackenzie Foy) é uma jovem independente e curiosa. Durante uma festa de Natal, um fio de ouro com uma chave, oferecido pelo seu padrinho (Morgan Freeman), dá-lhe acesso a um encantado mundo paralelo.

Nessa nova dimensão, Clara conhece um soldado chamado Phillip (Jayden Fowora-Knight) e os governantes dos Três Reinos: a Terra dos Flocos de Neve, a Terra das Flores e a Terra dos Doces. No entanto, Clara e Phillip têm de enfrentar o Quarto Reino, liderado pela sinistra Mãe Ruiva (Helen Mirren), que reuniu as suas tropas e ameaça a paz desse mundo mágico.

Esta película em imagem real é inspirada no romance de E.T.A Hoffman, “O Quebra-Nozes e o Rei dos Camundongos”, que Tchaikovsky, em 1892, imortalizou em O Quebra-Nozes, o famoso ballet clássico.

 

“BOHEMIAN RHAPSODY”

Anos 70. O cantor Freddie Mercury, o guitarrista Brian May, o baterista Roger Taylor e o baixista John Deacon compõem a banda rock britânica Queen. No entanto, é em 1975, com o lançamento do single “Bohemian Rhapsody” que estes se tornam um dos maiores nomes da música internacional. O filme narra a história de ascensão da banda, através das suas icónicas canções e da sua peculiar sonoridade: desde que Freddie Mercury assume a posição de vocalista dos Queen, até ao concerto Live Aid de 1985, no estádio de Wembley.

Este filme biográfico é realizado por Dexter Fletcher. O ator Rami Malek interpreta o carismático vocalista da banda, que se faz acompanhar por Ben Hardy (na pele de Roger Taylor), Joseph Mazzello (John Deacon) e Gwilym Lee Jamestown (Brian May).

  • Comentários

    Artigos relacionados