Cinema: Os Filmes da Semana

por , 21 Maio, 2018

As sugestões cinematográficas desta semana passam pelo drama biográfico sobre o presidente dos EUA que aprovou a Lei dos Direitos Civis; um spinoff da saga “Star Wars” sobre as origens da personagem Han Solo e “O Labirinto da Saudade”, o documentário de Miguel Gonçalves Mendes, a partir do livro homónimo do filósofo Eduardo Lourenço.

Por: Diogo Marques

LBJ

Escrito e realizado por Rob Reiner, “LBJ” dá a conhecer a história do homem que se tornou acidentalmente presidente dos EUA: Lyndon B. Johnson (Woody Harrelson). Este foi o homem que assumiu o comando de uma nação, após o assassinato do John F. Kennedy (Jeffrey Donovan), em novembro de 1963.

Com uma nação de luto, mas disposto a honrar o legado de JFK, Johnson confronta o procurador-geral Bobby Kennedy (Michael Stahl-David) e o seu antigo mentor, o senador do estado da Geórgia (Richard Jenkins) para instaurar a histórica Lei dos Direitos Civis – diploma que pôs fim aos sistemas estatais de segregação racial.

HAN SOLO: UMA HISTÓRIA STAR WARS

Realizado pelo cineasta vencedor de um Óscar, Ron Howard (conhecido por filmes como “Uma Mente Brilhante” e “No Coração do Mar”), este novo spinoff da saga Star Wars explora as origens do famoso ladrão intergaláctico, Han Solo – personagem originalmente interpretada por Harrison Ford.

Nesta nova aventura, numa galáxia distante e abordo da nave Millennium Falcon, acompanhamos o início da jornada de Han Solo (Alden Ehrenreich); o mundo do crime, o início da amizade com o copiloto Chewbacca (Joonas Suotamo), a forma como conhece o jogador vigarista Lando (Donald Glover) e o trapaceiro Beckett (Woody Harrelson), e ainda o seu primeiro interesse amoroso pela femme fatale Qi’ra (Emilia Clarke).

O LABIRINTO DA SAUDADE

O professor e filósofo Eduardo Lourenço é uma personalidade de referência do pensamento filosófico português. Na semana em que o ensaísta celebra 95 anos, o realizador português Miguel Gonçalves Mendes (autor do documentário “José e Pilar”) estreia “O Labirinto da Saudade”, a partir do livro homónimo de Eduardo Lourenço.

Num documentário que pretende ser uma homenagem em vida, “O Labirinto da Saudade” não só percorre os espaços da memória e da história de Eduardo de Lourenço, como também reflete sobre a identidade portuguesa.

 

  • Comentários

    Artigos relacionados