Consultório | Pergunte ao Dr. Quintino

por , 21 Janeiro, 2019

Escreva ao Dr. Quintino. Ele responde!

Dr. Quintino,

O meu filho está muito tempo dentro de casa. Ao contrário do que aconteceu na minha infância e na do meu marido, que passávamos muito tempo na rua, o meu filho nunca quer sair de casa. As minhas amigas acham excelente, porque têm receio do que possa acontecer aos filhos delas, quando eles estão na rua. Claro que eu e o meu marido também nos preocupamos, mas parece-nos importante para o crescimento dele aprender também a viver lá fora. O que acha? O meu filho tem 11 anos. - Micaela

O problema que me traz é hoje uma preocupação também para muitos psicólogos. Os filhos deverão ficar sempre em casa ou também na rua? Hoje as crianças, e mesmo os adolescentes, estão demasiado à guarda dos adultos e um tempo excessivo dentro de casa, o que muitas vezes significa passarem o dia fechados no quarto, o que ainda é pior. É uma preocupação porque, na verdade, naqueles dezoito anos em que os filhos estão a crescer sob a guarda dos pais, o seu cérebro precisa de desenvolver uma enorme quantidade de habilidades, as quais, no futuro, lhe serão absolutamente necessárias para que se transforme num cidadão consciente e responsável, e grande parte dessas competências nunca se poderão desenvolver se ele estiver sempre dentro de casa.

 


Leia a crónica do Dr. Quintino na íntegra na edição deste mês, nas bancas ou na app CRISTINA M.

Escreva ao Dr. Quintino através do endereço de e-mail redacao@revistacristina.com

  • Comentários

    Artigos relacionados