Correção eficaz e discreta de orelhas em abdução

por , 30 Maio, 2019

As orelhas em abdução, ou orelhas ‘de abano’, são uma das deformidades congénitas mais frequentes na população nacional. Apesar de habitualmente não estarem associadas a alterações funcionais, são causa importante de descontentamento com a auto-imagem ou, até, de baixa autoestima.

por Nuno Fradinho e Nuno Maria, médicos de cirurgia plástica

Sendo as orelhas estruturas anatómicas muito expostas, estas deformidades costumam ser difíceis de disfarçar, tendo um impacto negativo na harmonia facial. Como é uma característica visível desde a infância, pode ser um fator importante de body shaming, estigmatizando futuramente a criança ou o adolescente.

A otoplastia e? o termo genérico utilizado para descrever uma grande variedade de te?cnicas ciru?rgicas, a fim de corrigir diferentes malformac?o?es conge?nitas ou deformidades adquiridas das orelhas. No caso das orelhas em abdução, as técnicas de otoplastia clássicas, mais utilizadas, requerem uma abordagem na face posterior da orelha e uma remodelação da cartilagem, através de incisões e pontos de sutura cuidadosamente aplicados. No período após a cirurgia, é necessário utilizar uma faixa elástica que mantenha a orelha próximo da cabeça, durante algumas semanas, de forma a evitar a recidiva. A cirurgia pode ter lugar a partir dos 6 ou 7 anos de idade, sendo com frequência realizada durante a adolescência ou idade adulta.

A Otoplastia com EARFOLD® é um procedimento diferente e minimamente invasivo, que permite a correção de alguns tipos de orelhas em abdução, adequadamente selecionados. 


Leia o artigo completo na edição deste mês nas bancas
ou na app CRISTINA M (IOS OU ANDROID)

 

Solicite mais informações na Clínica MyMoment

  • Comentários

    Artigos relacionados