Óscares 2018 | E os vencedores foram…

por , 5 Março, 2018

“A Forma da Água” foi o grande vencedor da 90ª edição dos Óscares, com 13 nomeações, arrecadou 4 estatuetas. Os movimentos Time’s UP e #Metoo pouco se fizeram sentir, mas não faltaram discursos de igualdade de género, abuso sexual e mensagens políticas.

Guilherme del Toro é o 3º mexicano a ganhar o Óscar de Melhor Filme. “A Forma da Água” conta a história de uma mulher muda, que trabalha como empregada de limpeza num laboratório, e que se afeiçoa a um humanóide anfíbio encontrado no mar. Entre as 13 nomeações, estavam Luis Sequeira e Nelson, dois canadianos de origem portuguesa, nas categorias de Melhor Guarda-Roupa e Montagem de Som, respetivamente.

Frances McDormand levou para casa a estatueta de Melhor Actriz, com o Filme “Três Cartazes à Beira da Estrada”. O discurso da actriz incidiu sobre a desigualdade salarial relembrando a cláusula de inclusão que os actores devem incluir nos seus contractos, garantindo, assim, igualdade de género e salarial.

Gary Oldman, como já se previa, ganhou a categoria de Melhor Actor com a interpretação de Winston Churchill, no filme “A Hora Mais Negra”.

A interpretação no filme “I Tonya” deu a Allison Janney a vitória na categoria de Atriz Secundária. Sam Rockwell venceu a estatueta de Melhor Actor Secundário, com a interpretação do polícia problemático no filme “Três Cartazes à Beira da Estrada”.

Confira a lista de vencedores aqui:

Lista completa dos vencedores dos Óscares

Melhor Filme:
“A Forma da Água”

Melhor Realização:
Guillermo del Toro – “A Forma da Água”

Melhor Ator:
Gary Oldman – “A Hora Mais Negra”

Melhor Ator Secundário:
Sam Rockwell – “Três Cartazes à Beira da Estrada”

Melhor Atriz:
Frances McDormand – “Três Cartazes à Beira da Estrada”

Melhor Atriz Secundária:
Allison Janney – “Eu, Tonya”

Melhor Fotografia:
“Blade Runner 2049”

Melhor Argumento Adaptado:
“Chama-me pelo teu nome”

Melhor Argumento Original:
“Foge”

Melhor Filme Estrangeiro:
“Uma Mulher Fantástica”

Melhor Filme de Animação:
“Coco”

Melhor Documentário:
“Icarus”

Melhor Documentário em Curta-Metragem:
“Heaven Is a Traffic Jam on the 405”

Melhor Curta-Metragem:
“The Silent Child”

Melhor Curta-Metragem de Animação:
“Dear Basketball”

Melhor Cenografia:
“A Forma da Água”

Melhor Montagem:
“Dunkirk”

Melhor Caracterização:
“A Hora Mais Negra”

Melhor Guarda-Roupa:
“Linha Fantasma”

Melhor Banda Sonora Original:
“A Forma da Água”

Melhor Canção:
“Remember Me” – “Coco”

Melhor Montagem de Som:
“Dunkirk”

Melhor Mistura de Som:
“Dunkirk”

Melhores Efeitos Visuais:
“Blade Runner 2049”

  • Comentários

    Artigos relacionados