Sou filho de um palhaço

por , 19 Março, 2018

João Assunção tem 28 anos de idade e é filho de António Assunção. Pelo nome, talvez não o conheça. Nós ajudamos: é quem há 40 anos dá vida ao palhaço Croquete. Conversámos com pai e filho. Sobre palhaçadas e não só.

POR: Xavier Pereira

“Fui a muitos espetáculos. Sempre gostei muito de o ver. Sempre o apoiei em tudo. Sempre o ajudei”. As palavras iniciam o discurso de João Assunção, filho do icónico palhaço Croquete, que muitos adultos de hoje se lembram de ter visto em criança. “Corremos o país de norte a sul, literalmente. Todos os fins de semana havia marcações”, lembra o jovem. Hoje, é diferente.

“O palhaço era o palhaço, o pai era o pai”, sintetiza António. “Tenho pena de não ter sido um pai mais divertido. Nenhum filho meu pode dizer que, alguma vez, lhe levantei a voz ou dei uma palmada. No entanto, posso ter sido brincalhão, mas podia ter sido mais divertido, transpondo mais a minha profissão”. Fora do palco, sempre foi reservado. Hoje, revela-se um bom conversador e menos preocupado. “Sempre levei demasiado a sério a minha profissão e acho que isso até me inibiu no meu dia a dia. Queria que as pessoas me vissem como alguém normal, que não um palhaço. Punha aquele ar mais sisudo, de quem quer que o levem a sério”. Na rotina e na vida familiar.

Leia a entrevista completa na edição deste mês, nas bancas ou na app CRISTINA M.

  • Comentários

    Artigos relacionados