Fugir no fim de semana | Nazaré

por , 23 Agosto, 2017

Se já tirou as férias há algum tempo, ou se simplesmente não as tirou, não se esqueça que o fim de semana é para descansar. Faça as malas e parta à descoberta dos locais incríveis que o nosso país tem para oferecer. O destino que sugerimos hoje é a Nazaré. Fica a cerca de uma hora e meia de Lisboa, duas e horas e meia do Porto. É uma vila pequena, mas afável. Mistura tradição e praia na perfeição. É que enquanto passeia pela linha da praia, vai encontrar as famosas senhoras das setes saias e ainda o peixe que é seco ao sol. Aproveite as sugestões e fuja no fim de semana.

Sexta feira: chegar ao hotel certo

Sugerimos um hotel com Spa, uma vez que o objectivo é fugir para descansar. Para além de poder relaxar acaba, também, por tratar de si. Por isso, o Miramar Hotel & Spa na Nazaré é uma boa opção. Assim que chegar, livre-se das malas e entregue-se a um dos vários tratamentos existentes (veja aqui a lista).

Sábado: descanso total

Ainda que existam várias opções de descanso dentro do hotel, aproveite para sair logo cedo, depois de um pequeno-almoço, reforçado, e dirija-se à praia. Poderá arrendar uma cabana, caso esteja vento.

Hora de almoço

Ainda com sal no cabeço e areia nos pés, o melhor é mesmo ir almoçar à esplanada do Bússola na onda. Não resista ao arroz de camarão, ou ao peixe grelhado que é mesmo muito fresco.

Fim de Tarde: hora de passear

Aproveite para conhecer as senhoras que se vestem conforme manda a tradição Nazarena (são sete as saias que têm vestidas), que por norma se encontram na marginal a vender peixe seco. Esta zona é rica em comércio local, e são muitas as gelatarias onde poderá se deliciar com um copo de gelado ou uma waffle com cobertura.

Não deixe de pegar no carro e conhecer a famosa Praia do Norte. É neste local onde acontece o fenómeno denominado “Canhão da Nazaré” e que deu à vila o record de maior onda do mundo surfada, que pertence ao incontornável nome do surf Garrett McNamara.

Jantar

O melhor mesmo é manter a vista sobre o mar. Sugerimos o Pangeia Restaurante e desfrute de um ambiente calmo e de um magnífico pôr do sol enquanto janta. Ainda que a oferta de carnes seja apelativa, são muitas as iguarias sugeridas provenientes do mar.

 

Domingo: o dia da despedida

No último dia durma até tarde. Antes de sair da Nazaré passe pelo miradouro do Suberco, a vista é deslumbrante. Depois faça-se à estrada, mas antes de cair “no mundo real” para em Óbidos para almoçar e passear. Como a comida típica portuguesa (quase) nunca deixa ninguém mal servido, sugerimos que termine a se sente no Vintage / Tapas & Wine Bar.

 

 

 

 

 

  • Comentários

    Artigos relacionados