Game Of Thrones Season Finale: O Inverno chegou

por , 30 Agosto, 2017

Este artigo contém spoilers. Se não viu o episódio sete –“The Dragon and the Wolf” – da temporada sete, não leia o que se segue.

Sim. Ainda estamos a recuperar da hipotermia causada pelo último episódio de Game Of Thrones. Se a temporada seis foi uma sucessão de esperanças não concretizadas, de episódios sensaborões que deixaram a nostalgia de outros tempos, eis que a temporada sete veio acalmar os ânimos. Emocionante, com momentos raros de conforto, outros momentos de profunda adrenalina, mas ainda assim vários de desagrado. Surgem sentimentos quase idênticos aos provocados pelos episódios assombrosos das primeiras temporadas, marcados pela ruptura drástica entre os espectadores e as personagens principais, ou pela imprevisibilidade dos acontecimentos, que tanto caracterizaram esta série. No entanto, parece que a história tem que se resolver, e os episódios desenrolam-se a galope, de forma a que possamos já avistar o fim.

Nesta season finale acontece um momento raro: as equipas “Danerys” vs. “Cersey” encontram-se. Quase todas as personagens importantes (nesta altura do campeonato) aparecem reunidas, num novo cenário: Dragonpit – uma arena abandonada onde estavam aprisionados os dragões da família Targaryen. Este momento representa um atalho para a recta final da série, uma vez que é preciso partir rapidamente para a Grande Guerra entre vivos e mortos. (Não fosse esse o motivo pelo qual o episódio é o mais longo de sempre, com 80 minutos.)

HBO

Sansa e Arya, depois de uma temporada de desconfiança entre as duas, finalmente deram as mãos, enquanto irmãs, e vingaram-se de todos os esquemas e mentiras de Littlefinger – principal causador de todas as guerras entre os cinco reinos. Mais um nome riscado da lista da irmã mais nova de Winterfell que o degolou sem hesitação, no Salão Principal.

HBO

Jon Snow e Dany (alcunha que o rei do norte prontamente lhe deu) consumaram o amor que nasceu, quase à primeira vista e representam assim a segunda relação incestuosa na série. Afinal Jon Snow não é filho de Ned Stark, mas sim de Lyanna Stark e Rhaegar Targaryen, sendo por isso sobrinho da agora amada rainha dos dragões e o verdadeiro herdeiro do trono de ferro.

HBO

HBO

É nestas circunstâncias que vão a caminho da Grande Guerra, contra os mortos, iludidos não só pelos graus parentescos, mas também pela falsa trégua de Cersey que se mantém fiel a si mesma e pretende boicotar o apoio militar. Nem a gravidez ( fingida ou não) a demove dos seus instintos malévolos. Será que desta vez até o seu amado e irmão, Jayme, lhe vira as costas?

HBO

A muralha mostra a sua fragilidade perante o confuso “fogo” azul (será gelo que destrói gelo?), cuspido por um dragão zombie, enquanto o Rei da Noite avança com milhares de white walkers.

HBO

Será a oitava e última temporada tão arrumadinha e previsível como esta? Jon e Dany ficarão juntos? Os mortos vencerão os vivos? Jayme passará para a equipa do irmão Tyrion?

Agora somos nós que enfrentamos um longo inverno (literalmente) pela frente, até chegar a próxima temporada que estreará no final do ano 2018/ início do ano de 2019.

via GIPHY

  • Comentários

    Artigos relacionados