Nutrição | Asneiras também são bem vindas

por , 19 Fevereiro, 2018

Uma alimentação saudável não é um exercício permanente de sacrífico. Saiba como evitar asneiras e cometer “asneiras” boas.

Por Iara Rodrigues

Errar é humano e, por isso, não se pode esperar que uma pessoa siga um plano alimentar 24 horas por dia, 7 dias por semana, 30 dias por mês, 365 dias por ano. Isso é a utopia, no que respeita à nutrição.

O sucesso dos hábitos alimentares saudáveis depende exclusivamente da motivação de cada um. De perceber que é possível compatibilizar uma alimentação equilibrada e variada com pequenos excessos, e de que esse pontual comportamento não tem qualquer impacto no peso, na gordura corporal e sobretudo na sua saúde. Descoberto esse equilíbrio, a sua vida nunca mais será a mesma.

DICA:

O chocolate que hoje consumimos é resultado de grande processamento na indústria alimentar, sendo que ao cacau lhe é adicionado açúcar e outros ingredientes.

Para ter uma noção, o chocolate de leite contém apenas cerca de 30% de cacau, sendo os restantes 70% açúcar, manteiga de cacau, leite, soro lácteo, emulsionante e aromas. Assim, o aporte em hidratos de carbono e gordura é elevado e bastante baixo em cacau, o que não é de todo benéfico para a nossa saúde. O chocolate branco tem uma quantidade quase insignificante de cacau, já que é maioritariamente constituído pela manteiga de cacau (gordura!) e açúcar. O chocolate preto (que contenha mais de 70% de cacau) poderá ser, então, uma alternativa nutricionalmente mais interessante, dado que possui uma percentagem elevada de cacau e menos hidratos de carbono e gordura.

Veja as receitas da Dr. Iara Rodrigues na edição deste mês, nas bancas, ou na app CRISTINA M.

  • Comentários

    Artigos relacionados