O meu filho é o próximo Ronaldo

por , 14 Junho, 2018

Acompanham os filhos para onde quer que vão jogar, são a claque, e as adeptas mais fervorosas que o futebol tem. Todas veem no seu filho o melhor do mundo. E se fosse mesmo?

Por: Margarida Menino Ferreira

Todas as tardes ou manhãs de sábado são passadas na bancada, a apoiar os mais pequenos, que se esforçam dentro de campo para vencer o jogo. Gritam e festejam cada golo, levam cânticos preparados e a marmita aviada. Ralham com o árbitro, como só uma mãe sabe fazer. O futebol é uma paixão para muitos e, para aquelas mães, passou a sê-lo também, por fazer os seus filhos felizes. Não falham um jogo, seja em casa ou noutra cidade. O sonho de ter um Ronaldo na família faz parte do imaginário de algumas mães. Cada uma, à sua maneira, vê o seu filho como o melhor do mundo, existe sempre esperança de que lhe seja dado esse reconhecimento. No entanto, se o futebol obrigasse os seus meninos a sair de casa, em busca de um sonho, deixavam-nos ir?

“Quando lhe perguntam o que quer ser quando for grande, responde sempre que quer ser jogador de futebol. É certo que agora todos os meninos o querem, pelo jogo e pelo dinheiro que acham que vão ganhar. Já não é só futebol. Agora até os pais querem ter Cristianos na família”.

 


Leia o artigo completo na revista CRISTINA deste mês, nas bancas ou CRISTINA M (IOS OU ANDROID).

  • Comentários

    Artigos relacionados