Sexo aos 40: «Não houve nada que ficasse por fazer»

por , 22 Setembro, 2017

Paula tem 40 anos de idade. Diz que, hoje, o sexo é melhor do que quando tinha 20 ou 30 e, para exemplificar, lembra um episódio em que era proibido falar.

 

Por Xavier Pereira

Conheci-o num final de tarde à beira-rio, depois de um dia de praia. Era mais velho do que eu, mas não foi por isso que me despertou menos interesse. Trocámos uns olhares, conversámos um bocadinho e percebemos que havia, ali, uma grande química. Era algo físico.

Depois daquele momento, começámos a falar por mensagens escritas. Partilhámos fantasias com a liberdade que a experiência dos 40 anos nos traz. Sabíamos que nos havíamos de encontrar e que o sexo seria o prato forte. O dia chegou e não desiludiu. Havia uma regra: quando nos víssemos íamos diretos ao assunto sem falarmos. Quando acabássemos, ia cada um para seu lado sem dizer fosse o que fosse.

Coloquei um vestido preto, acetinado e com apontamentos de renda. Sentia-me confiante. Sabia que o ia deixar louco. Resultou na perfeição. Combinámos encontrar-nos, ao final da tarde, num motel. Mal nos encontrámos, fomos diretos ao que importava. Agarrou-me com força, beijou-me loucamente e entregámo-nos ao sexo. Foi tudo muito intenso. Não houve nada que ficasse por fazer e sempre com um detalhe: nenhum de nós falou. Foi muito forte!

O que tornou esta experiência tão marcante foi o facto de, hoje em dia, me sentir com uma liberdade que antes não tinha. Sou uma mulher bem resolvida. Divorciada. Mãe de dois filhos. Que gosta do seu corpo e que o conhece muito bem. Só isso me permitiu trocar as centenas de mensagens que antecederam aquele encontro e levá-lo até ao fim. Foi só sexo. Não me arrependo de nada. Correspondeu totalmente às expectativas. Houve êxtase do princípio ao fim.

Quando os corpos se acalmaram e o desejo ficou satisfeito, vestimo-nos e saímos. Sem despedidas e palavras. Voltámos a trocar algumas mensagens, mas sem o mesmo interesse. O que havia a fazer estava feito e foi ótimo!


[O testemunho de Paula foi recolhido em exclusivo para que o lesse aqui. Na edição da revista CRISTINA que está nas bancas, poderá ler um artigo sobre como é o sexo aos 40 com outros testemunhos. Não deixe de ler!]


 

  • Comentários

    Artigos relacionados